/tr>

Se você quiser fazer compras no atacado clique aqui e faça login.



Últimas Notícias

Especialista: reação da Rússia sobre Su-24 estraga planos da Turquia

Especialista: reação da Rússia sobre Su-24 estraga planos da Turquia

A Turquia não alcançou o que buscava com o incidente do avião russo Su-24 por causa da reação da Rússia. Quem afirma é o analista político libanês Nabil Haitham.

De acordo com o especialista, a Turquia não tomou a decisão antes de ter o apoio da OTAN e dos Estados Unidos. A ação tinha a intenção de dar um golpe moral na Rússia e desviar a atenção da luta contra o terrorismo, disse ele.

"Eu acredito que o passo da Turquia acabou em fracasso, como os acontecimentos que tiveram lugar após o incidente não indicaram que a Rússia caiu em uma armadilha, mas ao contrário. As declarações russas após o incidente confirmam que Moscou estabeleceu com a Turquia e seus aliados um diálogo sobre as regras de "hostilidades" e forçou as autoridades turcas a tomar uma posição defensiva", disse Haitham.

O cientista político não descarta que a Rússia, em resposta ao incidente, pode partir para a escalada da ação militar na Síria e para alcançar resultados rápidos, especialmente em áreas próximas à fronteira turca.

"A Turquia iniciou uma batalha perigosa com a Rússia, mas não controla os seus passos. Putin disse que o incidente terá consequências graves para a Turquia e acho que o presidente Erdogan vai pagar um preço alto", concluiu.

O Kremlim afirmou que não se fala sobre uma resposta militar contra a Turquia. Após uma declaração ríspida do presidente russo, Vladimir Putin, comparando as ações da Força Aérea turca com cúmplices do terrorismo, a Rússia cancelou a visita do chanceler Serguei Lavrov a Istambul. Além disso, a diplomacia russa recomendou aos seus cidadãos não visitar a Turquia por conta do aumento das ameaças terroristas.

 

Veja mais